Relato de aluno Bolsa Atleta impressiona pela dedicação

Quando soube que o aluno do 8º ano do Colégio Eniac, Guilherme Maia – cujo nome o prof. Kao citou dizendo ”ele é muito bom!”- era aluno bolsista, fui pesquisar para saber o que isso, afinal, queria dizer. São muitos os requisitos para obtenção da Bolsa Atleta, criada em 2005 destinada a estudantes, tanto da rede pública quanto privada, e que tantos benefícios traz para a vida dos jovens atletas. O Colégio Eniac, segundo o prof. Kao, possui mais de 100 alunos bolsistas. Uau! Aí entendi porque o Centro Esportivo Eniac é motivo de tanto orgulho dos professores, pais, e claro, dos alunos. Participar de campeonatos, receber colocações até 3º lugar são requisitos fundamentais para o colégio e aluno serem contemplados com Bolsa Atleta.

Dá para perceber, então, como uma coisa está ligada à outra: quanto mais treino, disciplina e dedicação maiores as chances de desenvolvimento de jovens esportistas!

Por tudo isso, eu quis conhecer, pessoalmente, o Guilherme para saber, ao vivo, como é a vida e o dia a dia de um bolsista. Nos encontramos e após nossa conversa eu pedi para ele mesmo fazer um relato e me enviar. E aqui está:

“Comecei minha história no esporte como goleiro de society do Boca Juniors, aos 10 anos. Quando minha antiga escola precisava de um goleiro para o handebol na OCG, eu sinceramente, só sabia, na época que era meio que um futebol com a mão, só sabia que eu tinha que defender a bola que chegava no gol.

Fizemos uma grande campanha terminando em 2º lugar, onde acabei me interessando por esse esporte.Comecei a jogar handebol em 2016, em um projeto da prefeitura, até então nada sério, apenas praticar o esporte.

Em 2017 fui chamado para jogar no Herkules, um projeto idealizado pelo meu técnico Zuza, onde ganhamos invictos o Campeonato Paulista Mirim. Em 2018 fui vice-campeão da Taça Paulistana, 3º no final Four, campeão do Paris World Games , entre os 8 melhores da Partille Cup . (maior torneio internacional de handebol, realizado anualmente, e aberto a jovens dos 10 aos 21 anos).

Depois de muita história, comecei a procurar bolsa atleta, até que eu vi uma oportunidade no Eniac. Gostei do colégio da parte do handebol e dos estudos. Atualmente estamos em 1º colocado no Super Paulistão, iremos disputar o Campeonato Brasileiro, de 18 a 25 de junho, e se ganharmos, vamos pro Sul – Americano.Treino às 3as, 5as e sábados com minha categoria, às 2as e 6as pela categoria cadete e na 4a pelo Eniac.”

Abaixo fotos do Guilherme. Na capa do blog, ele de pé, de camisa azul, segura o certificado.  

 

 

Gente, dá pra perceber não é? é todo, todo santo dia!! empenho, empenho e empenho!!

Parabéns ao Guilherme, aos demais atletas e à equipe de treinadores do Centro Esportivo Eniac,

ao responsável  prof. Kao e, claro, aos pais pela dedicação e entusiasmo!

Por: Miriam Barcellos

Publicado em: 14 de maio de 2019

Categorias: Educação, Esportes, Fundamental II.