Aprender a “Ser” faz parte do cotidiano do Eniac

De olho nas transformações sociais e tecnológicas, por meio das quais nossa sociedade cresce e se desenvolve, o Colégio ENIAC apresenta sua metodologia, fortemente comprometida com o desenvolvimento da pessoa como um todo.

No Relatório da Comissão Internacional sobre a Educação para o Século XXI, Jacques Delors se refere a uma “nova ordem social”, onde as coisas acontecem em escala global. Ele sinaliza que: “À educação cabe fornecer, de algum modo, os mapas de um mundo complexo e constantemente agitado e, ao mesmo tempo, a bússola que permite navegar através dele”.

Nesse sentido, a proposta educacional é direcionada para quatro tipos ou pilares da educação: aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a conviver e aprender a ser.

Aqui, vamos registrar o “aprender a ser” –  que, obviamente, depende das aprendizagens anteriores – incluída no dia a dia da metodologia do Eniac. Importante salientar que a idealizadora da introdução dessa atividade foi a Coordenadora Prof. Andressa Ruiz. 

 Assim, professoras e professores do Ciclo Infantil até o 8ª ano dedicam um tempo, diariamente, após o intervalo, a que as crianças façam um relaxamento. Assim como os adultos, as crianças também precisam de um tempo para apenas SER. Tão sobrecarregadas pela inúmeras atividades a que, atualmente, estão expostas, mais o tempo diante das várias ‘telas’, propiciar às crianças um momento de ‘nada’ , de só respirar,  é de extremo valor.

Segue depoimento da prof. Janete Tinte Pereira:

“O momento “respirar” tem mexido significantemente com o dia a dia dos nossos alunos. Ao retornarem após o intervalo, por diversas vezes os discentes encontram-se “elétricos”!

Percebe-se que ao respirarem e prestarem atenção no ar entrando e saindo dos pulmões, eles entram em um estado de tranquilidade e permitem que seus corpos e mentes equilibrem-se.

O resultado desta prática é muito interessante, sendo assim,  gradativamente considerada como importante pelos estudantes do Ensino Fundamental II e também por nós professores.”

Incutir esse pequeno hábito ainda facilita a capacidade de concentração, exercita a consciência de si mesmo e do próprio corpo, elimina a violência dentro do contexto escolar e contribui para o desenvolvimento de cidadãos melhores. Tantos benefícios físicos e emocionais que é pequeno esse espaço para enumerar aqui.

É com orgulho que relatamos mais essa atividade do Ensino do Eniac, introduzida neste início de 2019 e que passa a fazer parte do cotidiano das crianças.

Dá vontade de voltar a ser criança do Eniac, hein??

 

 

Texto baseado na Assessoria de Inovação Pedagógica – Simone Vianna e Ana Bondioli

Por: Miriam Barcellos

Publicado em: 25 de março de 2019

Categorias: Educação, Educação Infantil, Fundamental I, Fundamental II.