Distinção importante: Somos todos alunos, apenas, alguns já são formados

 

Rapidamente à publicação no Linkedin do sonho do prof. Ruy, onde compartilhou seu ideal, alunos formados começaram a dar retorno. A intenção de promover cursos para jovens carentes da região de Guarulhos com apoio de quem já recebeu educação via Eniac foi acatada de imediato.

Muitos manifestaram-se dispostos a contribuir ‘mentorando’ cursos de programação ou então a acolher os estudantes qualificados nas empresas que encabeçam.

Estimulada pelo retorno, quis saber, pessoalmente, o que os motivava  a participar de tal projeto. Cheguei a conversar com Thiago Primerano, que mora no Canadá há mais de 5 anos, e com Liliana Okada Rosa, hoje à frente de uma empresa familiar de produtos ergonômicos.

Thiago, que trabalha na área de tecnologia, assim se manifestou: “Se pude chegar onde cheguei, um dos grandes motivos foi a oportunidade que recebi no Eniac. Junto a essa gratidão e carinho, também tenho vontade de retornar um pouco dessa ajuda à sociedade. Esse projeto é a forma que encontrei para isso. Posso ajudar com aulas básicas de programação como lógica, ou também assuntos avançados como desenvolvimento Java”

Já Liliana, com formação em Design Industrial, se dispõe a dar aulas de Ergonomia e/ou na área de projetos. Da mesma forma, quer retribuir o que recebeu lá nos idos de 90, quando terminou o ensino médio. Lembra até hoje do entusiasmo do prof. Mauro em atiçar e “encorajar os alunos a desenvolver projetos com uso da tecnologia”. Assim, sua experiência será importante no contexto atual, já que Liliana ainda é movida por esse entusiasmo participando, ativamente, na formação dos estagiários dentro da sua empresa.

E já que falamos de entusiasmo e tecnologia aqui compartilho que no dia 1º de maio ocorreu um encontro com aqueles primeiros alunos que se alinharam em contribuir nesse projeto de Inclusão: via bbcollab, prof. Mauro coordenou e também presentes prof. Caio Fernando e Adriano Cillo. Disse alunos, porque uma importante distinção ficou ali bem clara: não existe ex-aluno, somos todos alunos, alguns já formados, outros em processo de formação. Afinal, atualização e aprendizagem são constantes!

O encontro foi importante para os participantes se conhecerem, oferecerem suas expertises, desde por exemplo, formatar uma cartilha com a estrutura do projeto, ou a ensinar futuros aprendizes a manejar programas de computador, ou até mesmo elaborar um currículo.

Enfim, o feriado foi preenchido totalmente por vontade de colaboração!

 

Capa: Agência de Comunicação Eniac Premium

Por: Miriam Barcellos

Publicado em: 5 de maio de 2020

Categorias: Educação, Empregabilidade, Faculdade, Notícias.