Cinco premiações coroaram os projetos da Escola da Construção do Eniac

 

“Tudo começou em meados de setembro, quando na disciplina ARPA – Arquitetura Patrimonial, foi escolhido como tema do PI – Projeto Integrador – a revitalização de uma área tombada na Móoca.” (Arquitetura Patrimonial tem a ver com Urbanismo e Patrimônio Arquitetônico e Cultural.)

“Entretanto, quando houve o concurso, o Eniac foi chamado a participar, porque era voltado para estudantes e recém-formados da área de Arquitetura de Guarulhos. Concorremos Com UNG e Anhanguera.”

Esta foi a introdução da entrevista que fiz com prof. Márcio Cantarelli no dia seguinte ao da premiação. A emoção era grande, pois foram muito relevantes os prêmios obtidos!! Importante salientar, aqui, a presença dos profs. envolvidos no projeto: Cristina Melo, Allan Miranda, e o coordenador da Escola da Construção, prof. José Carlos Guerra.

E Márcio continuou:

“E ganhamos 1º e 2º lugares e mais 3 Menções Honrosas, tão bons eram os projetos e trabalhos apresentados”.

Quanto ao projeto do Boulevard Calçadão é significativo conhecer um pouco da história: “no meio do calçadão, na década de 30, foi demolida a Igreja Nossa Senhora dos Homens Pretos. Só restou um imenso quadrado preto no chão, sem nenhuma referência ao fato. A 1ª coisa que o projeto buscou, como um todo, foi que o equipamento urbano lembrasse o histórico e preservasse a memória dessa Igreja.”

Outra coisa preservada foi o círculo envoltório da Catedral Metropolitana  de Guarulhos – que é tombada pelo Patrimônio Histórico. Respeitado esse círculo, foi implantado o Marco Zero, com a palavra Guarulhos, onde as pessoas vão poder interagir com as letras, por exemplo, tirar fotos, sentar, etc. Desta forma, criou-se ali, uma identidade da cidade.”

No projeto ( realizado, portanto, em pouco menos de 2 meses) todos equipamentos urbanos foram contemplados – paisagismo, áreas cobertas, luminárias, quiosques para venda de lanches, bebedouros -inclusive para cães – lixeiras, etc. “O mais importante a ser salientado, e que foi fortemente considerado, foi a acessibilidade.” 

Perguntei sobre a realização/execução desse projeto: a intenção é buscar parcerias  com empresas do setor privado, que com certeza terão interesse na revitalização do Calçadão visto trazer outro nível de  qualidade e visibilidade para a área de comércio e de serviços da região.

Todos os trabalhos participantes serão apresentados numa exposição que ocorrerá no Centro Municipal de Educação Adamastor.

Parabéns aos alunos, aos professores, ao coordenador e ao

 Eniac que abriga a Escola da Construção 

 

Capa: Agência de Comunicação Eniac Premium

Por: Miriam Barcellos

Publicado em: 5 de novembro de 2019

Categorias: Faculdade, Notícias
Tags: .