A pandemia de coronavírus já matou mais de 15 mil pessoas em todo o mundo. E, apesar de muitas informações desencontradas, uma coisa é certa: a COVID-19 é uma doença extremamente perigosa, principalmente para os grupos de risco, como o dos idosos. E ela tem fácil contágio e, por isso, todo cuidado é pouco.

Como professor, eu acredito em estudos, dados levantados por especialistas que trabalham em instituições sérias e recomendações feitas por autoridades competentes. É importante filtrar as chamadas fake news e não as propagar. Compartilhar boatos e notícias falsas só dificulta ainda mais a situação, que já é bastante complexa.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) é a principal referência no assunto. É essencial que as orientações do órgão sejam respeitadas e praticadas por todos. Inclusive, todas as instruções da OMS estão reunidas neste link, com a opção de tradução para o espanhol, caso você não tenha familiaridade com o inglês. Ou, então, há também a alternativa de se informar pelo site especial do Ministério da Saúde sobre a doença.

Em ambos os portais, o internauta encontrará recomendações que já são divulgadas diariamente por veículos de comunicação sérios, mas que algumas pessoas insistem em não obedecê-las.

São medidas muitas vezes simples como, por exemplo, as da higiene pessoal: lavar as mãos com água e sabão frequentemente, usar álcool em gel sempre que voltar da rua, não compartilhar objetos pessoais sem lavá-los, cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar etc.

Outras ações são mais específicas devido à crise: sair de casa só se for extremamente necessário, evitar aglomerações, não cumprimentar com apertos de mãos e abraços, manter a distância de um metro de outras pessoas, entre outras.

Além destas atitudes, vale ressaltar que as pessoas também precisam ser mais solidárias. Ao ir ao mercado, não seja egoísta. Ofereça ajuda a pessoas que estão nos grupos de risco e não compre todo o estoque. Lembre-se de que outras famílias também necessitam de mantimentos.

Diante deste cenário, o Eniac tem feito a sua parte. Lançamos recentemente duas plataformas de aulas online: o Eniac Open e o Eniac Open Escolas. O primeiro programa oferta cursos gratuitos (em parte ou totalmente) de graduação, cursinhos pré-vestibulares e cursos livres de extensão. O aluno pode acessar todo o conteúdo didático de casa em horários flexíveis.

Já o Eniac Open Escolas disponibiliza conteúdos e avaliações, de maneira completamente gratuita, que poderão servir de aproveitamento acadêmico para a rede estadual e municipal de Guarulhos. Por enquanto, o material disponível é para alunos que cursam a partir do 9º ano.

Tudo isso sem contar a plataforma pela qual os nossos alunos, que estão em suas casas, seguem normalmente as aulas e avaliações, sem prejuízo do cronograma acadêmico. Com estes projetos, o Eniac mantém as atividades acadêmicas para milhares de alunos e ainda zela pela saúde pública, seguindo à risca as recomendações da OMS.

Fique em casa!!

Renato Silva

Por: Renato Silva

Publicado em: 25 de março de 2020

Categorias: Colégio, EAD, Educação, Faculdade, Notícias.