Mais uma quarta-feira intensa de trabalhos nos cursos técnicos integrados ao ensino médio, em que os alunos vivenciam, por meio de trilhas profissionalizantes, variadas práticas acadêmico-profissionais que envolvem o dia a dia de organizações comerciais, de  serviços e industriais.

Seguindo a tendência das habilidades e competências  do profissional do futuro, descritas pelo Fórum Econômico Mundial, nossos estudantes são estimulados a colocar a mão na massa para exercitar suas capacidades de flexibilidade cognitiva, negociação, julgamento e tomada de decisões, coordenação com os outros, gestão de pessoas, criatividade, pensamento crítico etc. Por isso, essencial preparar nossos jovens e promissores técnicos para a quarta revolução industrial!

Neste caminho, os alunos do 1º ano de mecatrônica, orientados pelo Prof. Marcus Valério, estão montando um Circuito Dimmer para controlar a velocidade de um  motor. Esta atividade dialoga com o portfólio prático que os mesmos têm que desenvolver com, consequente, aplicação industrial. Já, com o Prof. Lucas Willenshofer, os mesmos estudantes estão desenvolvendo aplicações IoT (ops! na terceira aula). Enquanto isso, o 2º ano de mecatrônica trabalha e aplica conceitos de CAD (Desenho Auxiliado por Computador)   e CLP (Controlador Lógico Programável) integradas a eletropneumática.

E no curso de Administração as aulas estão cada vez mais dinâmicas. Nesses encontros, os alunos conhecem e utilizam diversas ferramentas administrativas, como o brainstorming o benchmarking e o ciclo de vida do produto. Com isso, os futuros administradores pesquisam, debatem, criam, articulam e defendem suas ideias perante a sala toda, formando uma “super-banca”.  Toda esta metodologia estimula o desenvolvimento pessoal e profissional e a autonomia de nossos alunos.

Seguindo nesta linha, o curso de Informática não fica para trás. Nele, os alunos estão aplicando o conceito de comunicação por IP entre hosts e, na transversal, a teoria dialógica.  Utilização da mesa digitalizadora no projeto de gamificação integrando utilizando ferramentas Google.

Em enfermagem, nossos alunos vivenciaram essa área, aplicada aos cuidados de saúde mental, de urgência e emergência de pronto atendimento.

Para os veteranos, a integração é ainda maior: entre áreas distintas. Aqui, Mecatrônica, Administração e Informática trabalham, juntos, em projetos socioambientais que correlacionam essas três áreas técnicas. Cada grupo é composto por três alunos de cada área/curso. Projetos de Smart Cities, Gestão Energética, Energias Renováveis e muitos outros fazem parte desta ação.

 

#orgulhodesereniac

Lucas Carlos

Por: Lucas Carlos

Publicado em: 14 de agosto de 2019

Categorias: CITIG, Colégio, Ensino Médio, Ensino médio tecnico, Inovação, Técnico
Tags: , , , , , .