Objetivo inicial é implantação de FABLAB em S.Luis, capacitação de professores e desenvolvimento de projetos

 

Em visita a São Paulo, o reitor do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema), Jhonatan Almada, firmou termo de cooperação técnica com o Centro Universitário Eniac, da cidade de Guarulhos.

Outra importante ação  que foi formalizada se refere à instalação do capítulo da Federação Internacional de Robótica (FIRA) no Brasil com a constituição da diretoria, onde Almada assume a presidência e o reitor do Eniac, Ruy Guerios, assume a presidência honorária. As duas instituições serão únicas representantes no país de um dos quatro maiores eventos de robótica do mundo.

De acordo com Jhonatan Almada: “Nesse primeiro momento vamos realizar uma formação com nossos professores para que eles sejam multiplicadores na implantação do FabLab, na mesma linha, vamos aprender com eles como construir esses projetos de inovação que atendam a problemas de empresas e da sociedade”.

 

Já o prof. Sebastião Garcia, gestor de Tecnologia de Guarulhos destacou: “Com o acordo poderemos realizar trabalhos em conjunto baseados na cultura maker, como a constituição de FabLab, e essas atitudes irão agregar muito no aprendizado de nossos jovens do ensino fundamental, médio e até mesmo superior. Acompanhamos o trabalho que o Instituto vem desenvolvendo com os jovens, sobretudo aqueles mais carentes, e percebemos o progresso e a evolução acadêmica desses alunos. Para o Eniac serve como base para tudo que aplicamos aqui”, reiterou.

 

Para o pró-reitor de Pesquisa e Inovação, Ensino a Distância e Novos Negócios do Eniac, prof. Mauro Roberto Claro, é de grande importância a expansão de parcerias:  “Estamos buscando a ampliação de parcerias com outras instituições para fortalecer cada vez mais esse elo de desenvolvimento na área acadêmica e a capacitação de profissionais, para que tenhamos cada vez mais um maior favorecimento para utilização de recursos em sala de aula”.

Mauro acrescenta que o Iema e o Eniac trabalham com o mesmo propósito: “O Instituto atua em uma área que é nossa principal vocação, que é a oferta de ensino técnico profissionalizante, e percebemos que essa formação é a principal necessidade do nosso país, independente de qual seja o estado. Queremos sempre buscar a troca de informações e experiências para que possamos ter um grande sucesso na formação dos nossos alunos”.

 

Por: Miriam Barcellos

Publicado em: 21 de março de 2019

Categorias: Colégio, Educação, Notícias
Tags: .